Mulheres no poder

As enchentes no Rio Grande do Sul acenderam o alarme. Cientistas avisaram: chuvas fortes e enchentes mais frequentes.

Políticos não fizeram o que precisava ser feito e a emergência climática traz desafios inéditos na relação entre ciência e política.

Para implementar os planos de adaptação climática, temos que unir poder público, instituições científicas e sociedade civil. Criar centros municipais de adaptação climática com garantia de continuidade das políticas públicas.

 

Com o apoio da sociedade podemos transformar o nosso cotidiano, com instrumentos de participação da população, que precisará se ver como parte da solução.
Combater o negacionismo é essencial, isso se dá através da divulgação científica, do poder público ligado às universidades e dos governos com instâncias para a escuta da ciência.

Vivemos tempos de mudanças sem precedentes. Não adianta querer atravessar esta crise com os instrumentos do passado.

Essa é uma oportunidade para reformar instituições e renovar a política. Vamos juntos construir essa mudança no Rio de Janeiro? Me chame no whatsapp e participe das nossas atividades.

Vamos conversar?

Faça seu cadastro para receber minhas comunicações!